quinta-feira, 12 de março de 2009

Joaquim Phoenix dá muita porrada durante show

Tem certas coisas que alguns astros do cinema fazem que eu não entendo muito bem a razão. Ralam como miseráveis para conseguir seu espaço por seu notório talento em meio a milhões de outras pessoas talentosas e, depois de alcançarem o Olimpo, promovem cenas deploráveis arruinando àquilo que lutaram para conquistar. O ator Joaquim Phoenix, que desde outubro do ano passado abandonou a atuação para se dedicar à música, foi protagonista de um episódio lamentável ontem durante um show em uma boate de Miami nos EUA.
Joaquim, que havia chegado atrasado por cerca de três horas ao show, encontrou com um de seus desafetos bem no "gargalo" do palco. O ator, aparentemente fora de si, começou a provocar o homem, enquanto a multidão delirava a cada ofensa. “We have a fucking bastard in the audience" (Nós temos um FDP na platéia), disparou Phoenix ao localizar o inimigo.


Conforme o público gritava mais, Phoenix não poupava em suas agressões verbais. "I've got $1million in the bank. What have you got, bitch?"(Eu tenho 1 milhão no banco. O que você tem, Puto?).


Não aguentando mais, o ator se lançou contra o homem para deferir diversos socos, que são praticamente imperceptíveis por conta da escuridão e da confusão que gerou, enquanto o público gritava "beat him up" (soca ele).


Para quem não se lembra, Joaquim Phoenix estrelou diversos filmes de sucesso, como O Gladiador (interpretando Caesar); Sinais (irmão de Mel Gibson); Johnny e June (Johnny Cash). O ex-ator se transformou num péssimo (horripilante) rapper e em janeiro debutou em um clube em Las Vegas, onde após três músicas e um estado físico alucinado, despencou do palco. Ele ainda lutou vários anos contra o vício de álcool, mas acredito que outras substâncias ainda façam parte de seu cotidiano.


Já os que têm paciência (eu não tenho), vale à pena procurar um vídeo dele no Youtube em uma entrevista para David Letterman recentemente. É deplorável pelo estado alucinógeno que o ator está e o próprio apresentador ironiza dizendo ao final da entrevista que é uma pena que ele não tenha podido comparecer.

Postar um comentário