segunda-feira, 16 de março de 2009

Conhecimento básico dos parlamentares é pífio*

Os comediantes-jornalistas do CQC (Custe O Que Custar), exibido pela TV Bandeirantes, voltaram de férias e com quadros excelentes, em que, mais uma vez, os nossos políticos são vítimas das piadas bem boladas da turma dos homens de preto. Semana passada estreou o quadro "Controle de Qualidade", com Danilo Gentil fazendo perguntas de conhecimentos gerais aos mais diversos deputados e senadores. Algumas respostas são de cair o queixo pela falta de informação básica e da desenvoltura de alguns "nobres" deputados em enrolar os outros.
Tudo o que foi indagado foi retirado de notícias de um jornal do dia. O impressionante era que as perguntas não eram de dificuldade elevadíssima, como, por exemplo, qual o PIB de Jaboatão dos Guararpes? Eram coisas básicas e que vemos diariamente nos telejornais, programas de rádio e jornais de notícias. Um requisito básico para àquele que se nomeia representante do povo e, por obrigação, tem no mínimo que estar bem informado.
Deputado, o senhor sabe onde fica a base de Guantánamo? Conseguiram transferir de Cuba para os EUA (Estados Unidos da América, para caso algum deputado esteja lendo). O que significa Jihad? O que é o protecionismo? Qual o significado da sigla FARC? Você sabe para que serve a convenção de Genébra? Um deles afirmou que a sede da Suíça era Genébra.
Não estou sendo dramático, mas políticos eleitos democraticamente pelo povo deveriam estar mais preparados para esse tipo de pergunta. É só ler o jornal ou assitir aos noticiários. Pena que eles não ligam para isso. Imagina então para educação do povo.
Veja o vídeo e chore.

* Pífio, senhores deputados, é reles, ruim, ordinário, grosseiro, ou seja, abaixo das expectativas.
Postar um comentário