sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Cadeiradas marcam lançamento de livro sobre Sarney

O lançamento do livro “Honoráveis Bandidos”, que narra escândalos, tramóias e falcatruas da família Sarney foi marcado por tumulto, quebra-quebra, socos e pontapés ontem à noite, na sede do Sindicato dos Bancários, em São Luis, no Maranhão.

No momento em que o autor do livro, o jornalista Palmério Dória, começou a falar sobre o conteúdo da obra, militantes ligados à Umes (União Municipal de Estudantes Secundaristas) e à Fejuma (Federação da Juventude Maranhense) invadiram o auditório do sindicato, gritando palavras de ordem e insultando o ex-governador Jackson Lago de “corrupto e ladrão”. O resultado foi uma pancadaria generalizada e os estudantes foram ostilizados com cadeiradas, empurrões, pontapés e palavras de ordem do tipo "fora Sarney".


Ficamos felizes que muitas pessoas, mesmo vivendo sob domínio de "abutres" e "coronéis", ainda têm a honra e disposição de lutar contra pessoas que emboprecem a nação com escândalos vis e perversos. CADEIRADA NELES!
Veja o vídeo do "pau" abaixo:


sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Filosofia Budista, Nelson Piquet

Sabe àquilo que os budistas pregam sobre CAUSA e EFEITO? Pois bem, essa filosofia se aplica perfeitamente a essa podridão dos bastidores da fórmula 1. Nelson Piquet, quando era piloto, vivia falando pelos cantos e, até para alguns repórteres, sobre a suposta homossexualidade de um de seus maiores adversários: Ayrton Senna. Certamente, na época, Senna deve ter ficado chateado com essa história, mas ignorou de maneira elegante e evoluiu seu pensamento e sua carreira. Os que falavam, ficavam tirando sarro e ganhando manchetes de jornais, ficaram bem abaixo dele na história do esporte. Coisa de campeão, de gente GRANDE.


Agora, décadas depois, Nelson Piquet pai prova um pouco do veneno com o próprio filho. Flávio Briatore, o chefão da equipe Renault na Fórmula 1, lançou hoje que Nelsinho pode ter se envolvido com um homem, muito mais velho que ele, quando morava na Inglaterra. Para desespero das mocinhas que são loucas pelo Nelsinho, o tal de Marc Cavezzale realmente existe e tem Facebook com a foto do filho do Piquet entre seus amigos. Até aí, completamente normal e não sugere nenhuma relação de cunho sexual (como se alguém estivesse interessado nisso). Porém, Briatore estava revoltado de ter sido acusado por ser um carrasco com Nelsinho e ainda romper as relações dele com seus amigos.

Acho completamente normal você possuir amigos de faixas etárias distintas. Isso é uma demonstração de maturidade e desenvoltura, além de ser pedagógico em alguns casos. Porém, acho lamentável um tipo de comentário desse de Briatore. Só reforça a imagem dele de escroto.


Não quero defender muito o Nelsinho também, porque acho que sua posição em relação ao esporte e ao sonho de se tornar um campeão como o pai foi baixa e desprezível. A forma vingativa que ele encontrou para destruir Briatore também é inconsequente. Afinal, Nelsinho quando assinou aquele depoimento dizendo que obeceu a equipe para bater o carro, deu um tiro no próprio pé. Pode até enterrar Briatore e mais alguns capangas, mas já estão jogando terra na cova dele. Muita estupidez!

Porém, para não perdermos o foco do assunto, gostaria de encontrar Nelson Piquet na rua e perguntar o que ele sentiu quando viu uma manchete de jornal dizendo que o filho dele pode ser gay. Deve doer, não. Pois é, Nelson, causa e efeito.


Ah, só para salgar ainda mais o assunto, achei essa foto do Briatore na internet numa sunga, digamos, nada machão e"pegador" como ele gosta de ser retratado.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Sem livros, Collor é o novo imortal da Academia de Letras

Tem certas coisas que eu leio, releio e, além de não acreditar, me provoca indescritível desdém. A política brasileira, nos últimos meses, vem mostrando sua face mais crua e assustadoramente verdadeira e transparente. O resultado disso é essa super exposição de estripulias dos nossos nobres representantes, que perderam completamente a razão e o bom senso em serem cínicos e hipócritas com o povo como sempre fizeram. Agora, eles mostram suas "entranhas" sem ninguém pedir e não tem a mínima vergonha de se passarem por corruptos, antiéticos, falastrões e, por que não, pseudo-intelectuais para satisfazerem o seu ego.

A prova mais cruel e desavergonhada do lobby que os políticos brasileiros fazem em instituições públicas idôneas veio à tona nessa semana. Nosso excelentíssimo ex-presidente e agora senador Fernando Collor de Melo acabou de conquistar uma cadeira na Associação Alagoana de Letras (AAL). Não, você não leu errado, ASSOCIAÇÃO ALAGOANA DE LETRAS. O nobre senador é agora um imortal.

Pra mim, Collor seria um imortal de qualquer forma. Sempre lembrado como o primeiro presidente brasileiro a sair desmoralizado do Palácio do Planalto, depois de um impeachment que desmantelou uma quadrilha conhecida como “anões do orçamento”. No entanto, Collor agora é imortal pela contribuição literária que ele ofereceu a alguns brasileiros: aproximadamente sete artigos e discursos proferidos durante sua carreira política, todos editados pela editora do Senado e nenhum comercializado em livrarias para o povo.

Resumindo, Collor se tornou imortal por essa "obra literária" restrita a colegas e amigos próximos e aos outros imortais da AAL que, leram, consideraram interessantes e votaram nele. Aliás, dos 30 imortais que votaram 22 foram a favor do senador e apenas oito em branco. Nenhum contrário. Ele dividirá espaço na história com nomes como Jorge Lima, considerado o "príncipe dos poetas" alagoanos e o lexicógrafo Aurélio Buarque de Hollanda.

No próximo dia oito de outubro, Collor sentará na cadeira de número 20, a qual pertenceu a seu pai, Arnon de Melo, que era jornalista e publicou alguns livros. (Porém, recomendo que façam uma busca por esse nome na wikipédia, já que esse senhor “elevou o nível do Senado” nos anos 60 com uma arma em punho e a imunidade parlamentar nas costas).

A política nacional está se tornando um vírus muito potente, pois além de contaminar a opinião pública, vem espalhando toda sua influência podre e devastadora em instituições que já olhamos um dia com grande orgulho.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

7º Troféu Duque de Caxias

Acordei no último domingo sentindo o que a maioria dos paulistanos sentiam às 6 horas da manhã: um frio cruel e uma preguiça terrível para participar dos 10 km do 7º Troféu Duque de Caxias. A temperatura estava menos de 10 graus na hora que cheguei no parque do Ibirapuera e colocar o shorts não foi nada fácil.

Para variar, o crescimento das corridas de rua é visível a cada evento e, na minha visão, os organizadores terão que tomar atitudes rápidas e expressivas para os próximos eventos. Por exemplo, estacionar os carros está se tornando um martírio e, os locais onde são realizados os eventos não há metrô por perto, o que faz com que as pessoas que se dispõe a colaborar com a melhoria do trânsito saiam de casa de madrugada para chegar a tempo da corrida. Além disso, não há transporte da organização nas estações, o que obriga as pessoas andarem até o local ou optar por um coletivo comum. O resultado disso, é um número exagerado de atletas que chegam em cima da hora, ocasionando em filas gigantescas para se trocar, retirar o chip e passar pelo banheiro antes da largada.


Eu presenciei muitas pessoas chegando no momento da largada e saindo em disparada sem fazer o necessário alongamento. Paciência, acordar cedo todo mundo tentou, mas a estrutura já está saturada, mesmo sendo realizada aos redores do parque do Ibirapuera.


A organização deve se entender com a CET e criar bolsões de estacionamento nesses locais, melhorando assim o acesso e o conforto dos atletas. A Polícia Militar poderia ser mais ativa contra os onipresentes "flanelinhas", que já enxergam uma mina de ouro nesses eventos e chegam a cobrar em média dez reais para se estacionar na rua ou em garagens particulares.


Os organizadores devem disponibilizar as eficientes "Orcas" nas estações do metrô, buscando e levando os atletas que vieram de transporte público. Somente assim os congestionamentos antes da largada irão diminuir.


No entanto, em relação à prova, tudo foi perfeito. Não vi nenhum tipo de incidente e a ajuda dos soldados do exército foi de suma importância para agilizar as filas do guarda-volumes e segurança da prova. Eles estão de parabéns.


Meus Tempos:


Tempo Líquido: 57:54:00


Tempo Oficial: 1:00:15


Classificação Geral: 3.187 entre 5.345


Classificação Sexo: 2.827 entre 4.219


Classificação Faixa: 468 entre 693

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Procurando maconha? O iPhone localiza pra você

O mundo globalizado pela tecnologia virtual avança com uma velocidade tão impressionante, que pode até ultrapassar os limites da lei. A nova ferramenta do iPhone, o smartphone mais popular do planeta na atualidade, é no mínimo controversa: um localizador de locais onde vendem maconha.

Porém, as pupilas dilatadas dos usuários não devem começar a brilhar tão cedo, já que o programa desenvolvido pela Ajnag.com - um militante ativista pela legalização da maconha nos Estados Unidos - tem o objetivo de informar a localização das lojas que distribuem a maconha legalmente para usos medicinais e com receitas médicas. Clínicas, médicos ou centros médicos são exibidos nas proximidades do utilizador, dependendo da sua localização, quando o programa é executado no telefone.

As pessoas podem comprar legalmente maconha, que foi receitado por um médico, fornecendo assim uma localização ferramenta disponível na Apple Store. Se o usuário vive em um estado onde a maconha não é lagalizada, uma mensagem é exibida informando que organizações lutam para promover uma reforma da lei para permitir o uso. Será que no Brasil isso funciona?

domingo, 19 de julho de 2009

Batize os mascotes da Tecno Cast


Como eu só trabalho e não tenho tempo de escrever o que quero, ou seja, esculachar a vida dos nossos nobres políticos, estou disponibilizando os mascotes da Tecno Cast para escolhermos um nome. A empresa é uma metalúrgica que há quase duas décadas vem oferecendo seus produtos e serviços aos mais diversos setores da indústria nacional. Para quem tem criatividade e estiver com disposição de batizar as crianças, por favor, acesse http://www.tecnocast.ind.br/ e saiba mais a respeito da empresa.


Os três precisam de um nome de batismo e, por isso, os nomes vencedores serão divulgados aqui no Blog e os pais ganharão uma matéria no jornal interno da empresa. Mandem quantas sugestões quiserem.

sábado, 18 de julho de 2009

Encontrei meu OVNI em Dusseldorf

Amigos, não estou escrevendo muito, porque o trabalho vem consumindo todo o meu tempo. Então, para não passar em branco muito tempo, estou encaminhando duas fotos abaixo do observatório da pequena cidade de Dusseldorf, na Alemanha, onde estive no final do ano passado. Fascinante, como grande parte da arquitetura moderna da Alemanha. Para quem já foi, aí vai uma dica: vocês repararam que é uma nave espacial abduzindo as pessoas?
Foi exatamente o que vi lá de baixo. Para enxergar melhor minha visão, postei as fotos do antes e depois do photoshop. Acredito que deu um efeito especial.

A torre vista de baixo

O OVNI à noite

terça-feira, 16 de junho de 2009

Foi tatuar três estrelas e saiu com 56 no rosto

Você já ouviu estórias de pessoas que foram fazer uma tatuagem super moderna e sofisticada e acabaram voltando com um rabisco horrível e permanente no corpo? Pois bem, essas coisas são possíveis de se acontecer realmente.


Kimberley Vlaeminck, uma belga de 18 anos, resolveu tatuar seu corpo com algo discreto e feminino no último final de semana. Porém, dormiu durante a sessão e quando se levantou da mesa do tatuador se deparou com uma constelação de 56 estrelas que saem da testa, passam pela orelha e terminam quase na ponta do nariz.


O fato inusitado ocorreu na cidade de Kortrijk, a 90 quilômetros de Bruxelas, na Bélgica. Segundo Kimberly, o acordo era para que fossem feitas três estrelas. "Eu disse esta parte, a de cima, que estava tudo bem, mas não o resto", relatou ela. A adolescente explicou para polícia que adormeceu durante o processo, e acordou sentindo dor, quando seu nariz estava sendo tatuado.


"Eu fui a loja desejando fazer três pontos, mas ele me sugeriu que eu fizesse estrelas, pois ficaria muito bom. Quando ele começou a me tatuar, eu não senti dor e adormeci", relatou Kimberly, que acordou quase cinco horas depois do início do processo e praticamente no final do trabalho.


A galáxia, no entanto, não saiu barato para o tatuador parisiense Rouslan Toumaniantz, que vai ser investigado durante um inquérito policial que busca evidências da jovem possivelmente ter sido dopada. "Ela ficou todo o tempo acordada. Eu não a hipnotizei ou a droguei, ela estava de acordo. Os problemas começaram quando o pai dela e o namorado viram a tatuagem", se defende o profissional.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Masturbação Mortal foi o último ato de David Carradine

David Carradine, de 72 anos, possivelmente teve uma morte digna de um roteiro dos filmes de Quentin Tarantino: uma masturbação frenética pode ter matado o ator. Ele foi encontrado enforcado ontem em seu quarto de hotel, em Bangcoc, na Tailândia, onde filmava seu último trabalho.

“Uma corda foi amarrada em volta do pescoço e outro no seu órgão sexual, e os dois estavam ligados entre si e penduradas no armário no quarto”, disse à imprensa Worapong Siewpreecha-Geral da polícia local. Segundo os peritos, não existe ainda a certeza de suicídio, mas ele pode ter morrido por se masturbar.

A polícia ainda questionou a equipe de produção do filme, a qual indicou que o ator "bebeu cerveja de manhã à noite no dia antes de ser encontrado morto". O prazo da autópsia leva aproximadamente de 24 horas para ser concluída, enquanto os peritos forenses recolhem detalhes e provas para o inquérito. No entanto, um dos peritos já afirmou que diante dos fatos e das provas recolhidas, David pode ter falecido durante um “acidente auto-erótico”. "Este não é um suicídio ou homicídio, mas morreu após masturbação (...)", afirmou o perito, já que não havia indícios de o ator ter sofrido um derrame.

Vale tudo no cinco contra um, mas, senhores, tomem cuidado com as peripécias.

As festas secretas e desinibidas de Silvio Berlusconi

As coisas não andam bem para o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi. Pelo menos na sua carreira política, já que como empresário Berlusconi é um dos homens mais bem sucedidos da Itália, dono de um império de mídia e do clube de futebol Milan. Com a proximidade das eleições européias o primeiro-ministro septagenário vem sendo alvo de dezenas de denúncias contra a moral, por ser suspeito de manter um relacionamento secreto com uma jovem de recém-completados 18 anos.

O estopim do escândalo pode ter acontecido hoje, com a publicação do jornal El País de dezenas de fotos de festas pra lá de liberais na mansão de Berlusconi, na Sardenha, no sul da Itália. Nas imagens, Berlusconi circula pelas dependências luxuosas da casa rodeado de mulheres jovens, lindas e desinibidas. Todas as pessoas que aparecem nas fotos, com exceção do primeiro-ministro, tiveram suas identidades preservadas pelo repórter Antonello Zappadu, que fotografou as freqüentes esbórnias entre 2007 e 2009.

Entre as mulheres que aparecem nas fotos, especula-se que uma delas seja Noemi Letizia, a jovem cuja festa Berlusconi compareceu e despertou suspeita pela intimidade carinhosa entre os dois. Noemi, na ocasião, chegou a chamar o primeiro-ministro de “Papi” na frente de dezenas de convidados.


Para piorar ainda mais a situação, a primeira-dama, Veronica Lario pediu o divórcio diante dos escândalos e declarou que a política italiana, sob influência do marido, tornou-se “desavergonhada” e que “muitos pais estão dispostos a fechar os olhos para dar suas virgens (filhas) ao dragão”.

Agora, a exibição dessas imagens se torna o epicentro do terremoto já desencadeado meses atrás. Zappadu tentou ainda enriquecer com o material, apresentando o conteúdo a uma revista relacionada ao império de mídia de Berlusconi. O preço inicial: 1,5 milhões de euros. A revista se recusou a pagar a quantia e o primeiro-ministro acionou imediatamente seus advogados para confiscar todo material alegando que as imagens eram uma “violação da vida privada e tentativa de fraude”.



Após a denúncia, o Ministério Público apreendeu todo o acervo de Zappadu, incluindo imagens captadas em locais públicos, como aeroportos e parques.Segundo o repórter, que não é paparazzo, quase todo fim de semana, um avião repleto de amigos e beldades de Berlusconi tinha o destino da Costa da Esmeralda, uma das regiões mais luxuosas e nobres da região. Todo passeio era escoltado pela aeronáutica italiana, assim como os agentes secretos que guardavam a casa. Em Agosto de 2008, Berlusconi aprovou um novo regulamento sobre os voos de Estado, aumentando o número de passageiros convidados, dependendo das necessidades do primeiro-ministro. Bom, nesse caso, a necessidade óbvia era o sexo.



A oposição alega que Berlusconi triplicou o custo dos movimentos de passageiros e voos que se originou na etapa de Romano Prodi (2007-2008). Além disso, de acordo com um documento oficial da Autoridade da Aviação Civil, uma ordem presidencial do governo decidiu, em 4 de junho de 2008, que cinco aviões e helicópteros privados Berlusconi, em nome da empresa concessionária Alba Helicópteros Fininvest, para se responsabilizar pelos voos de Estado. As fotos escandalosas revelam que a casa vive em um ambiente desinibido, guardados por fortes medidas de segurança. Silvio Berlusconi disse que um homem que aparece nas fotos de Zappadu é antigo primeiro-ministro checo Mirek Topolánek. Já o homem nu em aparente ereção, não conseguiu ser identificado pelo jornal.


Uma das manobras de Berlusconi para não afastar votos antes da eleição, seria anunciar oficialmente a venda do jogador Kaká, do Milan, para o clube espanhol Real Madrid, somente na segunda-feira. Creio que com as fotos reveladas pelo El País, Berlusconi terá como meta manobras muito mais ofensivas para tentar abafar mais esse escândalo.

E como bem dizem por aí, cada povo tem o governante que merece.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Americano pode deter o recorde mundial de prisões

Um americano provavelmente detém o recorde mundial em número de prisões. Paul Baldwin, de 49 anos, já ficou 153 vezes atrás das grades nos últimos 35 anos. Segundo a polícia, Paul é um "cliente" assíduo de seus serviços na cidade de Porthmouth, em New Hampshire.

O motivo para Paul ir tantas vezes para o xilindró seria seu incondicional amor à bebida, já que o homem sofre de alcoolismo. Na sua última prisão, na semana passada, Paul foi detido por agredir violentamente um cliente dentro de um bar. Ele já havia ficado preso cerca de um ano por não pagar uma caneca de cerveja no valor de US$ 1,99, ou aproximadamente R$ 4,00.

Na tentativa de evitar que o homem volte a ficar mais tempo sob custódia do governo, o procurador estabeleceu uma fiança de 1.500 dólares para que ele pudesse responder ao crime em liberdade. Se ele conseguir pagar a multa, deverá voltar para casa todos os dias antes das 19 horas, quando os bares frequentemente estão cheios.

Um caso como esse é um crime ou uma doença?

terça-feira, 2 de junho de 2009

Maratona Internacional de São Paulo

Correr a Maratona Internacional de São Paulo no último domingo foi um extremo prazer. A organização do evento foi extremamente competente, disponibilizando ônibus e pessoal suficiente para garantir um bom atendimento aos mais de 15 mil atletas que participaram do evento. Sem contar o dia, que estava com o clima perfeito, com uma temperatura amena e agradável.
Não faltou espaço, como alguns outros eventos que já participei nesse ano, onde os atletas se expremem para tentar correr. O pelotão foi muito bem distribuído e não houve incidentes que prejudicaram os corredores. Eu apreciei muito o trajeto dos arranha-céus da Marginal Pinheiros e a parte final da prova próximo ao parque do Ibirapuera. Muito calma a chegada e sem empurra-empurra para receber o kit de participação. Algo que que me chamou a atenção, foi a preocupação da organização em preservar a área da chegada, com muitos sacos de lixo espalhados para as eventuais embalagens de sucos e barras de cereais consumidas no final da prova.


Meu tempo melhorou em relação à última prova e não senti um esforço descomunal para completá-la. Exceção os túneis, que tinham uma subida muito pesada para os quilômetros finais.

Meus resultados:

Prova de 10 km

Tempo Bruto: 01h00

Tempo Líquido: 57 minutos

Classificação Geral: 1.509º

Classificação Etária: 125º

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Brüno enfia a bunda na cara de Eminem em festa da MTV

Tem certas coisas que eu não acredito nem vendo. Porém essas cenas só podem ser promovidas por pessoas que têm uma inacreditável cara-de-pau. Sacha Baron Cohen possui esse perfil com sobras. Ontem, Sacha, que escandalizou o mundo com seu personagem Borat há alguns anos, aprontou mais uma que merece um monumento pela falta de vergonha e ousadia. Promovendo seu novo personagem, Brüno, Sacha apareceu no MTV Movie Awards na noite de ontem para apresentar o prêmio de melhor ator, que foi conquistado pelo ator Zac Efron. Porém, o ator utilizou um meio incrivelmente original para a piada mais hilária da noite.
Sacha voou pelo teto do teatro utilizando asas de anjo, um colete e uma sunga prateada fio dental fazendo seu discurso. A entrada estava indo bem, até que no meio do caminho o fio que o sustentava travou e ele perdeu o equilíbrio. Sacha ficou por alguns segundo balançando no ar e mostrando sua bunda incrivelmente branca para uma platéia em choque de risos.
A melhor parte, no entanto, foi a aterrissagem de Brüno. Soltando penas das asas e se debatendo, Sacha caiu com sua bunda virada para a cara do rapper e declaradamente homofóbico Eminem. Sem acreditar que estava com o nariz a 2 centímetros da bunda de Bruno, o rapper começou a gritar: "Você está falando sério?". Brüno não perdeu o rebolado e se apresentou durante o 69 assim mesmo. "Oi Eminem, é um prazer conhecê-lo", disse ele.
Eminem não suportou o brincadeira e com ajuda de alguns amigos brutamontes mandou arrancarem o ator de cima dele. Com empurrões violentos e xingamentos, o rapper se retirou da platéia com cara de que não apareceria tão cedo em mais uma premiação da MTV.

Veja o vídeo abaixo:

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Gimar Mendes viaja como ninguém

Você se lembra daquela risada de deboche do ministro Gilmar Mendes, há alguns dias, quando acusado de estar destruindo a reputação do judiciário nacional desde que assumiu a presidência? Pois bem, gostaria de saber se ele consegue rir novamente depois dessa nova evidência de ele tem um comportamento perdulário com o dinheiro do contribuinte.

O Supremo Tribunal Federal pagou ao presidente da Casa, Gilmar Mendes, R$ 114.205,93 em diárias de viagem nos 13 meses de sua gestão. Isso significa que, passado um mês da metade de seu mandato, Gilmar recebeu praticamente quatro vezes o total acumulado por sua antecessora, a ministra Ellen Gracie, nos 24 meses em que ela dirigiu a corte. Em dois anos, o STF gastou R$ 31.159,90 com despesas de hospedagem, locomoção e alimentação em viagens nacionais e internacionais da ministra.



Na média mensal, o atual presidente recebe aproximadamente R$ 8.700 em diárias, seis vezes o valor registrado a cada mês por Ellen, R$ 1.300. Apenas nos cinco primeiros meses deste ano, o Supremo repassou a Gilmar mais do que havia destinado à ministra em seus dois anos de gestão.

O Supremo depositou R$ 43.899,75 na conta do ministro para cobrir despesas com viagens entre janeiro e o último dia 20. O montante equivale a quase dois salários de um ministro do STF, que é de R$ 24.500, teto do funcionalismo público. No ano passado, ele recebeu R$ 70.109,44 com o benefício desde o dia em que assumiu a presidência da corte, em 23 de abril.

Além de inflacionar substancialmente as despesas da Casa, o ministro fez viagens internacionais a lugares de grande atração turística como França e Espanha. Ellen Gracie, no seu período de presidência, fez apenas uma viagem internacional para o Paraguai.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Cansado de esperar, homem empurra suicida de ponte

A paciência é uma virtude, mas não para todas as pessoas. Um homem da cidade de Guangzho, na China, caminhava para o trabalho quando viu um homem ameaçando se atirar da ponte Haizhu. Chen Fuchao, um construtor falido, interrompeu o tráfego da ponte por mais de cinco horas e reuniu uma enorme multidão de curiosos enquanto negociava com os policiais para não saltar.

Lian Jiansheng, de 66 anos, cansado do transtorno provocado pelo rapaz, se cansou da indecisão do rapaz e decidiu se oferecer para polícia em ele mesmo negociar com o suicida. Impedido de se aproximar do local, o senhor não desistiu e escalou sem ajuda de cordas a ponte e se aproximou do rapaz.

Lian o distraiu enquanto bombeiros se aproximavam com uma cesta hidráulica para resgatar o rapaz. Porém, o velhinho achou que o esforço do rapaz em chamar a atenção do País para seus problemas pessoais não poderiam ser em vão. O idoso segurou os braços de Chen e deu, digamos, um empurrãozinho para ajudá-lo a concluir seu objetivo. Por sorte, os bombeiros já haviam colocado um colchão de ar abaixo do rapaz que amorteceu a queda.

O rapaz tentou ainda se segurar quando foi empurrado, mas acabou caindo a uma altura de cerca de seis metros. Ele sofreu algumas escoriações e se recupera no hospital dos ferimentos e do trauma.

Já o velhinho Lian, foi aplaudido pela multidão em resolver o problema de maneira tão assustadora e prática. A ponte Haizhu tem uma fama macabra por ser palco de dezenas de suicídios. Só nos últimos dois meses, 11 pessoas se mataram ao se jogarem de cima da ponte.

Veja o vídeo abaixo:

terça-feira, 19 de maio de 2009

Blog que exibe fotos de famílias esquisitas vira hit na internet

Uma das coisas mais prazerosas que se pode fazer nos encontros de família é olhar o álbum de fotos e recordações. O momento, na verdade, não tem o propósito de criar nostalgia, mas sim rir descaradamente de seus familiares cafonas em fotos que deveriam no mínimo ganhar um prêmio pela cena ridícula.

Pensando nisso, dois rapazes resolveram criar um blog chamado o Awkward Family Photos (Fotos familiares Esquisitas) que se tornou um hit na internet e hoje tem em média cerca de dois milhões de visitantes únicos todos os dias. As fotos são tão hilariantes que você não consegue párar de ver as cenas mais surreais. Numa delas, gêmeos idênticos posam para uma foto ao lado de suas namoradas, também gêmeas idênticas. O detalhe da foto é que os rapazes utilizam a mesma roupa, assim como as mulheres, e todos utilizam aqueles cabelos arrepiados meio Bon Jovi dos anos 80.

Na minha opinião, as fotos de álbuns de família ganham disparado na esquisitisse. Quem teve a ideia de eternizar o momento de maneira criativa, acabou transformando a foto num monumento ao péssimo gosto. É de passar mal de rir.

O legal é que você pode mandar as fotos esquisitas da sua própria família para ser exibida no blog. O problema é que ser cafona no passado foi algo tão usual, que os rapazes estão sofrendo com o grande número de mensagens de pessoas interessadas em colocar suas fotos ridículas no site. Mesmo assim, você pode mandar a foto da sua família num momento no mínimo esquisito, que ela passará pela triagem e, se escolhida, logo fará parte das famílias mais esquisitas do planeta.


Viste o site clicando Aqui

Papai me obrigou a vestir isso

A câmera me deixa vesgo

A Bon Jovi Family

Os bichinhos são da família


Precisa dizer alguma coisa?



Não basta ser feio, tem que ser ridículo.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Câmara pagou passagens da mãe de Ciro Gomes

Não faz muito tempo que o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) utilizou os microfones do plenário para criticar uma acusação de que a Câmara dos Deputados teria pago passagens aereas para voos internacionais para sua mãe, Maria José Gomes. Ciro na ocasião classificou a acusação como "leviana e grosseira mentira" e ainda mandou um jornalista escrever "Ministério Público é o caralho".

A verdade, no entanto, não demorou a aparecer, para desespero do deputado que possui uma língua afiada para defender a honra da família. O Congresso em Foco investigou e reuniu informações com os registros da empresa aérea e concluiu que a Câmara dos Deputados pagou quatro voos internacionais para a mãe de Ciro. Os dois primeiros tiveram emissão em dezembro de 2007; os outros dois, em abril de 2008.

Quando enviei meu protesto ao deputado, ele utilizou a diplomacia para justificar seu comportamento arisco e ainda alegou que a mãe dele não possuía nem visto para os EUA na época da emissão das passagens. Se isso é possível, eu não tenho certeza, mas que as passagens estão no nome da mãe dele, isso estão. E agora deputado?


Clique aqui e veja a justificativa de Ciro Gomes.

Preconceito sem limites acaba em gafe na Inglaterra

A crise econômica tem provocado não só o desemprego e o recuo da economia em diversos países do primeiro mundo, mas nesse conjunto o preconceito e ódio andam lado a lado de políticas paliativas de combate à recessão. Os ingleses, que há muitos anos lutam por políticas mais rígidas contra a imigração ilegal, endureceu seu discurso através de seu partido de direita British National Party (BNP) e agora expõe explicitamente que a Grã Bretanha, diante do cenário desolador, é um território somente para trabalhadores nativos do país.

Esse ponto de vista não é nenhuma novidade para os estrangeiros que se arriscam em trabalhar ilegalmente no país. A ofensiva do partido, no entanto, apela para a dramatização incoerente de seus presidentes. Um caminhão (veja a foto abaixo) circula pelas ruas de diversas cidades convocando à população a uma visão mais nacionalista e direta contra estrangeiros que vivem e trabalham na Inglaterra. O anúncio diz “Empregos britânicos para trabalhadores britânicos” e mostra três homens em roupas de operários sorrindo. Não vejo, até esse ponto, nenhum racismo direto a determinado grupo de estrangeiros, apesar de a propaganda ser ofensiva e preconceituosa – qualquer semelhança com o partido nazista em relação aos judeus é mera coincidência.

O problema real da propaganda é a gafe cometida pelo partido. Quando criaram o anúncio, os diretores do BNP não tomaram o cuidado de se informar sobre quem seriam os modelos utilizados e aprovaram de imediato a publicação de cartazes e folhetos. Dias depois, um jornal inglês descobriu que os três homens, na verdade, são americanos e não ingleses.

Para piorar ainda mais a imagem do partido, outro cartaz em que mostra um médico favorável à visão do partido foi desmascarado também pelo jornal. O médico fictício é outro americano e que nem sequer vota no país.

O partido foi acusado de cinismo e pode ser obrigado a retirar toda a propaganda e se retratar com a sociedade.


Caminhão circula pela cidade com propaganda


Trabalhadores americanos em propaganda inglesa

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Faça sua árvore geneológica no Genoom

Você sabe de onde você veio? Essa não é uma pergunta retórica e sim mais complexa do que muitos imaginam. A pergunta se refere às suas origens, onde seus primeiros parentes pintaram por aqui e começaram a espalhar seu sangue até chegar nessa coisa que você é hoje. É possível encontrar isso hoje através de serviços (que custam caro) que rastreiam toda a sua família desde os primórdios do guaraná de rolha e reunem todo esse material naquilo que chamam de "ÁRVORE GENEOLÓGICA".
A árvore é muito bacana quando pronta, principalmente quando aparecem avós bem vestidos e bonitões, os quais confirmam que sua beleza natural não é à toa - o silicone e a cirúrgia de nariz é só um acabamento na lataria. Porém, com as multiutilidades da internet já é possível você mesmo dar início a sua própria árvore. Através do site Genoom você adiciona todos os seus parentes mais próximos e distantes e, inclusive, coloca detalhes de cada um deles, como data de nascimento, fotos, cidade de origem, ofício e contatos de email. Se bem feita, quando pronta, a árvore fica tão organizada que é impossível um parente seu fugir da sabatina e da ceia de Natal no fim do ano.

Dá um certo trabalho, mas ao mesmo tempo um enorme prazer em ver quanto a sua família é enorme e possui raízes importantes. Vale muito conferir e fazer seu cadastro gratuíto. As informações são particulares e o site garante sigilo total na divulgação de qualquer informação contida no seu perfil.

Visite o site clicando aqui.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Renan Calheiros é o altruísta dos ares

Senado pagou 26 passagens para quatro personagens envolvidos nas denúncias que resultaram na queda de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência da Casa em 2007. Enquanto brigava para escapar da cassação e preservar o mandato, o senador cedeu a cota parlamentar para transportar dois assessores e um primo apontados como seus “laranjas” em uma rádio e um jornal, ambos avaliados em R$ 2,5 milhões. O quarto passageiro é um veterinário apontado pelo ex-presidente do Senado como responsável pela venda de 1.700 cabeças de gado de sua propriedade.

O mais escandaloso, entretanto, é a cota de passagens que o senador deveria utilizar em seu nome, ao invés de destiná-las a amigos, assessores e sócios em suas empresas. O senador usou para voar apenas 13 dos 271 bilhetes emitidos a partir de sua cota, de acordo com os registros das companhias aéreas Gol e Varig, no período entre junho de 2007 e 14 de fevereiro de 2009.

Faço um apelo aqui ao internauta que vem acompanhando a exposição dessa sujeira amplamente divulgada na imprensa nos últimos dias, para refletir melhor sobre seus candidatos no próximo ano. Envie a lista dos deputados e senadores viajantes para sua rede de contatos e, de preferência, sinalize os que pertençam ao seu Estado. Somente assim, pessoas como o senhor Renan Calheiros e Companhia poderão receber uma bela lição da população que preza por verdadeiros políticos descentes, éticos e empenhados no progresso do País. Que essa corja que tenta destruir a democracia brasileira seja banida de seus postos aristocratas com a força do voto, vindo de um povo que não é idiota e passivo como eles pensam. A nossa força está na divulgação e protesto contra esses coronéis que insultam a Constituição Brasileira e zombam do povo utilizando dinheiro público para financiar suas mordomias e poder.

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Assassino do Zodíaco pode ter sido identificado

Um dos assassinos em série mais intrigantes do mundo pode ter finalmente sua identidade revelada. O Assassino do Zodíaco durante os anos sessenta aterrorizou a cidade de São Francisco, fazendo diversas vítimas em crimes de alta crueldade e desafiando a polícia pela sua ousadia ao enviar cartas criptografadas – com simbologias do zodíaco – dando detalhes dos seus crimes e dos próximos que iria cometer.

Até hoje, sua identidade foi sempre uma icógnita para polícia americana, a qual apontou milhares de suspeitos, mas por falta de provas nunca chegou a acusar ninguém formalmente. No entanto, ontem, a californiana Deborah Perez, de 47 anos, foi até a polícia e convocou uma coletiva de imprensa para afirmar que o sanguinário assassino era seu falecido pai.

Guy Ward Hendrickson teria cometido dois dos pelos menos cinco crimes não solucionados e atribuídos ao assassino nortuno. Segundo ela, seu pai inclusive a levava nas suas caçadas sanguinárias e a deixava no carro enquanto matava pessoas aleatoriamente pelas ruas de São Francisco. Na época, Deborah tinha apenas sete anos e de acordo com seus relatos, chegava a ouvir os tiros da espigarda do pai. Porém, ele explicava para a menina que o som dos tiros eram de pessoas soltando fogos de artifício.

Ela contou ainda para polícia que seu pai fez com sua própria caneta as cartas codificadas que seriam mais tarde enviadas à polícia e ao jornal San Francisco Chronicle. “Eu era só uma criança e achava que estava ajudando o meu pai”.

As suspeitas de Deborah só se concluíram há cerca de dois anos e apenas agora ela decidiu revelar os supostos crimes cometidos pelo pai. Hendrickson, um carpinteiro e pai de seis filhos, morreu em 1983 vítima de câncer. As informações ainda devem ser checadas pelos investigadores que esperam concluir o caso.
Contraversão

Entretanto, no site oficial dedicado a solução dos crimes e identificação do assassino, existe uma mensagem do administrador afirmando que a versão de Deborah é diferente da feita a ele há um ano, por email, a qual ele ainda possui. O administrador ainda indaga a credibilidade de Deborah por ter mudado a sua versão tão bruscamente e de possivelmente ter propósitos nebulosos com a venda da história. Segundo ele, o Zodíaco ainda não foi identificado.

Os assassinatos
O Assassino do Zodíaco foi um dos assassinos em série que aterrorizou o norte da Califórnia durante muitos anos pela violência de seus crimes e sua ousadia em desafiar a polícia. Por mais de 10 meses, no final da década de 60, o assasino fez várias vítimas e algumas delas conseguiram sobreviver a certos ataques, dando detalhes à polícia do possível suspeito. A fisionomia fiel do Zodíaco, no entanto, nunca foi precisa, o que dificultou no apontamento de milhares de suspeitos que foram detidos ou investigados.

Para enaltecer seus crimes, o Zodíaco colocou seu nome em uma série de cartas ameaçadoras que enviou à imprensa até 1974. Nelas, o criminoso confessava os crimes e ainda dizia que passava a noite pensando sobre sua próxima vítima. O mais horripilante era os detalhes que levaram as pessoas à paranóia. “Talvez será a bela loira que trabalha de babá perto da pequena loja e que desce a escura alameda todo dia às 7 da noite.” E avisava: “Então, não torne isto fácil para mim. Mantenham suas irmãs, filhas e esposas fora das ruas e das alamedas.”

Em um dos crimes atribuídos a ele, a estudante Cheri Jo Bates, após abordada pelo Zodíaco, teve seu assassinato detalhado, explicando como ela era estúpida de ter caído em uma armação daquela. “A certo momento, eu disse a ela que tinha chegado a hora. Ela perguntou: ‘Que hora?’ A hora de você morrer.” Pelo restante da carta, aparentemente ele a conhecia e havia sido de alguma forma rejeitado por ela. “Eu não sou doente. Eu sou insano.”

Seu modus operandi era peculiar, abordando vítimas em situações corriqueiras, como uma batida leve de carro e depois ofercendo ajuda. Quando as vítimas menos esperavam, Zodíaco agia, muitas vezes degolando suas vítimas com uma faca de caça ou eliminando-as utilizando uma espingarda.

“Eu gosto de matar pessoas porque é muito divertido. É mais divertido que matar em caça na floresta porque é o mais perigoso animal de todos. É melhor que transar com uma garota. (...) A melhor parte é esta: quando eu morrer, renascerei no paraíso e todos os que eu matei serão meus escravos. Não darei a minha identidade porque se não vocês tentaram parar a minha coleta de escravos (...)”

O Assassino do Zodíaco matou cinco vítimas reconhecidas em Benicia, Vallejo, Lago Berryessa, e São Francisco entre dezembro de 1968 e outubro de 1969, embora tenha admitido o assassinato de 37 pessoas. Com a falta de precisão no número de vítimas, a incapacidade de quebrar suas cartas criptografadas e a falha na busca de suspeitos, o caso pode ser considerado como um crime perfeito.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Choque! Família de oito pessoas em uma moto

O que se fazer quando sua família é grande, sua grana é pouca e nenhum automóvel para locomover todos? O mais sensato seria utilizar o transporte público, certo? Errado! No Camboja, a cultura local prega a ideia do sempre cabe mais um e é assim que famílias numerosas seguem suas vidas arriscando-se diariamente em cima de motocicletas.

Nas fotos abaixo vocês podem conferir uma cena que tiraria o fôlego de cidadãos de países ocidentais, acostumados as leis de trânsito e o respeito à vida. Uma família de oito cambojanos - veja bem, oito pessoas - não se importa muito com o perigo e sim com a comodidade ao equilibrar todos em apenas uma moto antes do passeio, possivelmente mortal em caso de acidente, nas ruas de uma cidade do Camboja.

O marido, naturalmente, pilota o veículo, enquanto os pequenos são encaixados paraticamente no tanque e no guidão da moto. Já a esposa e os filhos mais velhos ficam espremidos no restante do assento traseiro e, inacreditavelmente, o primogênito da família vai pedurado nas costas de uma das irmãs.
Segundo um especialista, a cena é comum não só no Camboja, mas em países como Sri Lanka e Tailândia, onde grande parte da população se encontra muito próximo da miséria e não tem condições de arcar custos com o transporte público.
Não é proibido dirigir sem o capacete
O caçula vai praticamente pendurado na irmã



A família segue alheia ao perigo nas ruas da cidade

Sobre passagens, Ciro Gomes culpa o mau jornalismo

É fácil confrontar os nobres deputados. Inclusive, é fácil dizer o se pensa a eles sem sair da sua casa. Foi o que eu fiz e milhões de brasileiros fizeram nessa semana, com o agravamento de mais um escândalo envolvendo os nobres parlamentares. A farra das passagens aéreas é uma obscena demonstração de como esse senhores se sentem imunes à opinião pública e à justiça. Para eles, não existe crime, já que gozavam de privilégios contidos no próprio cargo. Eu, honestamente, discordo.

O caráter sempre deve estar acima dos nossos próprios direitos, para somente assim se formar uma razão ética. Porém, Ciro Gomes, não concorda com o fato de ser execrado pela imprensa de hoje, que o acusam de promover viagens para sua mãe às custas do dinheiro público. Para ele, tudo isso é armação; é um estratagema maquiavélico de parte da imprensa que, utilizando da má fé, querem afundá-lo na política; que são fontes avariadas, com informações sem credibilidade.

Ciro Gomes não sabe que pessoas de Organizações Não-Governamentais fiscalizam e verificam números de gastos que eles cotianamente desprezam. Que todas essas informações constantemente divulgadas em telejornais, jornais, revistas, rádios e sites da internet foram checadas sim, inclusive, com as companhias aéreas que eles costumam escapar do País.

Hoje, Nobre Deputado Federal Ciro Gomes, abro o meu modesto espaço para sua explicação. Porém só peço que o senhor não seja político demais. Seja o homem valente e de caráter que o senhor quis mostrar ao Brasil na útlima semana quando desacatava o Ministério Público, a imprensa e seus colegas de trabalho. E se estiver errado, assumir a culpa é o primeiro sinal de nobreza. Porém, do seu caro irmão, governador do Ceará, Cid Gomes, que levou a sogra para passear às custas do povo, não aceito suas desculpas. Aceito a devolução do dinheiro aos cofres públicos do Ceará, um Estado que disputa a liderança de miséria no nordeste, e a disposição do cargo para quem leva a política a sério.

"Caro Leonardo,

Infelizmente a nossa imprensa brasileira está impregnada de gente mal intencionada, ou pelo menos, que não reservam o devido cuidado com uma etapa crucial do jornalismo: a apuração. Digo isso porque esta lista - que até agora nem mesmo os autores das matérias revelaram de onde ela saiu - erra grosseiramente ao incluir o nome de minha mãe nessa suposta relação de passagens internacionais pagas pela Câmara.

De acordo com a tal lista, minha mãe teria feito duas viagens para Nova Iorque em dezembro de 2007. É uma mentira tão esdrúxula, que nem visto para os EUA minha mãe tinha na data apontada. A lista também relaciona outras duas viagens para os EUA em abril de 2008. É também outra grande mentira que paguei passagem de minha mãe com verba da Câmara; Ela viajou comigo sim, mas pagou sua própria passagem.

Se extrapolo é decorrência de minha profunda indignação, como qualquer um faria ao ver sua mãe de 81 anos envolvida numa armação dessa natureza. Naquela ocasião, estava apenas defendendo a minha honra e honra de minha mãe, e não apoiando a posição daqueles deputados que se manisfestaram contra a restrição de passagens, como algumas notas e matérias interpretaram.

É também importante que se registre: desde o início do meu mandato, determinei que todas as passagens seriam de uso exclusivo do parlamentar. Tanto é que da verba de passagens aéreas de que dispõe meu gabinete, economizei para os cofres públicos mais de R$ 189.000,00 (cento e oitenta e nove mil reais) nos dois anos e 4 meses em que exerço o mandato de deputado. Tais recursos retornaram ao poder público, ao fim de 2007 e ao fim de 2008.

Quanto ao episódio envolvendo o governador Cid Gomes, repito o que fora amplamente divulgado na imprensa daquela época: o govenrador já pediu desculpas publicamente e se colocou à disposição do Tribunal de Contas do Estado para quaisquer outras informações. Outras viagens para o exterior também ficaram condicionadas à aprovação da Assembléia Legislativa.

Obrigado pelo seu contato.

Ciro Gomes"




Como não poderia deixar de ser, eu também tenho algo a dizer.

Caro Nobre Deputado Federal Ciro Gomes,

É com profunda tristeza e lamentação receber uma explicação tão política como essa, quando esperava uma atitude muito mais nobre, como o próprio cargo de deputado expõe para a sociedade, e de civilizada hombridade. Lamento por minha família assistir na televisão um comportamento tão chulo, inapropriado e sem compostura de um deputado experiente como o senhor, mesmo justificando sua incontrolável cólera contra essa imprensa que persegue o senhor e sua família. Vale à pena lembrar que essa mesma imprensa, que tem livre acesso as informações sobre seus gastos de gabinete, ficou por quase três décadas amordaçada pelos anos de chumbo, impossibilitada de vasculhar as entranhas do governo e expor à população a atitude canalha e vil de muitos deputados que hoje estão no congresso.

Diferente do que o senhor imagina, a imprensa não persegue um só político, mas a falta de decoro generalizada de uma corja sem limites e escrúpulos, que zombam quase que diariamente do cidadão sério que trabalha e luta por sua sobrevivência digna, sem apelar a assistencialismos de cabrestos, e despejar seu dinheiro na mão de bandidos de paletó, que passam os poucos dias que “trabalham” discutindo roteiros turísticos para suas esposas, filhos e amantes. O Congresso se encontra na sua mais descarada e vergonhosa fase desde o fim da ditadura.

Diferente do que o senhor, Nobre Deputado, pensa, nós brasileiros lutamos muito por essa democracia e, inclusive, pela representação legislativa que o senhor ocupa hoje. Portanto, quando confrontado com acusações absurdas e sem fundamento – como o senhor mesmo diz – seja no mínimo diplomático e respeitoso com a população que observa suas atitudes. Rebata os fatos de maneira honrosa e coerente, ao invés de insultar os milhões de brasileiros com um vocabulário escabroso e inadequado.

O senhor não mostra hombridade sendo enfático e ácido com os jornalistas. Hombridade é apresentar provas de que eles mentem, que distorcem os fatos, que perseguem o senhor e sua família, que não são éticos. Isso é ser digno. Porém, até o momento, tirando aquela chuva de palavrões, essa foi a única defesa que ouvi do senhor.

Já quanto ao escândalo envolvendo seu irmão, Cid Gomes, se colocar à disposição da justiça e pedir desculpas não bastam. Pergunte a qualquer cidadão nas ruas se ele aceitaria as desculpas de um ladrão que o roubou e o impossibilitou de dar uma vida mais confortável para sua família. Saia às ruas, como disse bem o Ministro Joaquim Barbosa nessa semana, e faça essa pergunta aos cidadãos do seu Estado. Pergunte a eles se desculpas bastam para confortar caprichos dignos de magnatas e reis. Dignidade, nesse caso, é colocar o cargo à disposição.

Para quem almeja ser presidente da República, o senhor deixa muito a desejar no quesito diplomacia.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Lista dos deputados viajantes


Apoiado no escândalo das passagens aéreas vou dedicar o post de hoje para que todos os leitores do blog conheçam um pouco dos deputados fanfarrões que não trabalham e se divertem às custas do contribuinte brasileiro. Vou deixar a lista desses péssimos políticos sem compostura e ética nenhuma de uma forma fácil de identificar para que vocês copiem e passem para todos os seus contatos. Vamos iniciar um protesto virtual e levar isso às ruas, assim como fizemos com Collor, e exigir que pessoas como essas sejam extintas da política e retornem aos cofres públicos tudo o que eles roubaram.
Abaixo está a lista dos deputados que mais viajaram para o exterior, sendo que os destinos mais frequentes foram cidades de forte apelo turístico como Miami, nos Estados Unidos, e Paris, na França. Para os nobres deputados não houve excesso em nada do que já não é de direito deles. Por exemplo, na visão desses senhores, que deveriam se preocupar em legislar ao invés em discutir se suas esposas, filhos, namoradas e amantes devem ou não viajar para Paris, as viagens são parte de sua cota mensal de transporte e eles gastam como e com quem bem entendem. A explicação é tão esdrúxula e incoerente que esses senhores querem que os cidadãos acreditem que esse dinheiro pertence a eles.

A melhor forma de punir pessoas como essas é divulgar essa lista em todos seus meios sociais: no escritório, na sua escola, na academia, no seu dentista, no supermercado, etc. Todos que querem um Brasil mais honesto e ético têm o dever social de lutar contra esses canalhas e impedir que eles voltem a usurpar de um posto de tamanha confiança como esse. Fora com todos eles.

NOME DO DEPUTADO E NÚMERO DE VOOS

DAGOBERTO NOGUEIRA FILHO - 40
LEO ALCANTARA - 35
MARCELO TEIXEIRA - 35
ARNALDO FARIA DE SA - 29
JILMAR TATTO - 28
PEDRO FERNANDES - 28
GEORGE HILTON - 27
VIC PIRES FRANCO - 27
ANIBAL GOMES - 24
EDUARDO LOPES - 24
EUGENIO RABELO - 24
PAULO HENRIQUE LUSTOSA - 24
MARIO NEGROMONTE - 23
LEANDRO SAMPAIO - 22
MAURICIO TRINDADE - 20
REBECCA GARCIA - 20
ROBERTO BALESTRA - 20
AFONSO HAMM - 19
FERNANDO CORUJA -19
JOAO CARLOS BACELAR - 18
MUSSA DEMES - 18
OTAVIO LEITE - 18
ATILAS LINS - 17
CARLOS WILSON - 17
CIRO NOGUEIRA - 17
DILCEU SPERAFICO - 17
MARCELO MELO - 17
OSVALDO REIS - 17
CEZAR SILVESTRI - 16
EDUARDO DA FONTE - 16
FERNANDO COELHO FILHO - 16
INOCENCIO OLIVEIRA - 16
JOAO MAGALHAES - 16
JOSE MENDONCA BEZERRA - 16
OSORIO ADRIANO - 16
RUY PAULETTI - 15
CARLOS VIEIRA DA CUNHA - 14
EDUARDO GOMES - 14
HIDEKAZU TAKAYAMA - 14
MARIA LUCIA CARDOSO - 14
NAZARENO FONTELES - 14
NELSON GOETTEN - 14
REGIS OLIVEIRA - 14
WALDIR NEVES - 14
HENRIQUE EDUARDO ALVES - 13
VADAO GOMES - 13
BRUNO ARAUJO - 12
CLOVIS FECURY - 12
GE TENUTA - 12
MARCELO CASTRO - 12
MARCONDES GADELHA - 12
PAULO PIAU - 12
RODRIGO MAIA - 12
WALDEMIR MOKA - 12
DEVANIR RIBEIRO - 11
JAIME MARTINS - 11
MARCO AURELIO UBIALI - 11
EUNICIO OLIVEIRA - 10
FERNANDO FABINHO - 10
JOAO PAULO CUNHA - 10
PEDRO NOVAIS - 10
SEBASTIAO MADEIRA - 10
ZE GERALDO - 10
EDGAR MOURY - 9
JOSE SARNEY FILHO - 9
MAURICIO QUINTELLA LESSA - 9
NELSON GOETTEN - 9
ADAO PRETTO - 8
COLBERT MARTINS - 8
DJALMA BERGER - 8
EDIO LOPES - 8
FELIX MENDONCA - 8
GERALDO THADEU - 8
JERONIMO REIS - 8
JOAO MATOS - 8
JOFRAN FREJAT - 8
JULIO DELGADO - 8
LINCOLN PORTELA - 8
MOISES AVELINO - 8
PASTOR MANOEL FERREIRA - 8
RICARDO TRIPOLI - 8
TADEU FILIPPELLI - 8
VANDERLEI MACRIS - 8
ZE GERARDO - 8
ARMANDO ABILIO - 7
DARCISIO PERONDI - 7
DOMINGOS DUTRA - 7
FRANCISCO RODRIGUES - 7
GONZAGA PATRIOTA - 7
GORETE PEREIRA - 7
PAULO ABIACKEL - 7
ROGERIO MARINHO - 7
TARCISIO ZIMMERMANN - 7
ABELARDO LUPION - 6
ANGELA AMIN - 6
ARNON BEZERRA - 6
CIRO PEDROSA - 6
CLAUDIO CAJADO - 6
DR. ROSINHA - 6
ENIO BACCI - 6
FERNANDO FERRO - 6
JOSE CARLOS ALELUIA - 6
LUCIANO CASTRO - 6
LUIZ BASSUMA - 6
MARCOS MONTES - 6
MOREIRA MENDES - 6
NILSON MOURAO - 6
ODILIO BALBINOTTI - 6
PAULO ROBERTO - 6
RICARDO BARROS - 6
SANDRA ROSADO - 6
SARNEY FILHO - 6
SILVIO COSTA - 6
VALDEMAR COSTA NETO - 6
AFFONSO CAMARGO - 5
ALCENI GUERRA - 5
ARMANDO MONTEIRO - 5
ARNALDO JARDIM - 5
CLAUDIO DIAZ - 5
FELIPE MAIA - 5
ILDERLEI CORDEIRO - 5
JOSE GENOINO - 5
JOSE PAULO TOFFANO - 5
LEONARDO QUINTAO - 5
NEUDO CAMPOS - 5
RICARDO IZAR - 5
ADEMIR CAMILO - 4
ANA ARRAES - 4

CARLOS GOMES - 4
CARLOS ZARATTINI - 4
CIRO GOMES - 4
DAMIAO FELICIANO - 4
EDINHO BEZ - 4
EDSON DUARTE - 4
EDSON OLIVEIRA - 4
FABIO RAMALHO - 4
FATIMA BEZERRA - 4
FELIPE BORNIER - 4
FILIPE PEREIRA - 4
FRANCISCO GARCIA - 4
GERMANO BONOW - 4
GERSON PERES - 4
GILMAR MACHADO - 4
IVAN VALENTE - 4
JOAO DADO - 4
JORGE KHOURY - 4
JORGINHO MALULY - 4
JOSE AIRTON CIRILO - 4
JOSE OTAVIO GERMANO - 4
JOSE TATICO - 4
LEO VIVAS - 4
LEONARDO PICCIANI - 4
LUIZ BITTENCOURT - 4
LUIZ VELLOZO LUCAS - 4
MARCELO GUIMARAES FILHO - 4
MARIA HELENA RODRIGUES - 4
MAX ROSENMANN - 4
MOACIR MICHELETTO - 4
NICE LOBAO - 4
NILSON PINTO - 4
PAULO BORNHAUSEN - 4
POMPEO DE MATTOS - 4
RENATO AMARY - 4
ROBERTO ROCHA - 4
ROBSON RODOVALHO - 4
SANDRO MABEL - 4
THELMA OLIVEIRA - 4
VANESSA GRAZZIOTIN - 4
VITAL DO REGO FILHO - 4
WALDIR MARANHAO - 4
WOLNEY QUEIROZ - 4
B. AS - 3
BETINHO ROSADO - 3
CARLOS ALBERTO LEREIA - 3
CLEBER VERDE - 3
ERNANDES AMORIM - 3
IRIS ARAUJO - 3
JACKSON BARRETO - 3
JOAO OLIVEIRA - 3
JOAQUIM BELTRAO - 3
JOSE ANIBAL - 3
JURANDY LOUREIRO - 3
LOBBE NETO - 3
LUCIANA GENRO - 3
SOLANGE AMARAL - 3
VILSON COVATTI - 3
VICENTE ALVES - 3
WILLIAM WOO - 3
AIRTON ROVEDA - 2
ALESSANDRO SABINO - 2
ALEXANDRE SANTOS - 2
ANDRE DE PAULA - 2
ANTONIO DUARTE NOGUEIRA - 2
ANTONIO ROBERTO - 2
ANTONIO VALADARES FILHO - 2
ASDRUBAL BENTES - 2
BENEDITO LIRA - 2
BETO MANSUR - 2
BILAC PINTO - 2
CARLOS CUNHA - 2
CARLOS NADER - 2
CARLOS SAMPAIO - 2
CELSO RUSSOMANNO - 2
CLODOVIL HERNANDES - 2
DAVI ALCOLUMBRE - 2
EDMILSON VALENTIM - 2
EDUARDO BARBOSA - 2
EFRAIM FILHO - 2
ELISEU PADILHA - 2
EVANDRO MILHOMEN - 2
FABIO FARIA - 2
FABIO SOUTO - 2
FERNANDO CHUCRE - 2
GERALDO MAGELA - 2
GERALDO RESENDE - 2
HERMES PARCIANELLO - 2
IVAN RANZOLIN - 2
JOAO ALMEIDA - 2
JOAO ALMEIDA DOS SANTOS - 2
JOAO CAMPOS - 2
JORGE TADEU MUDALEN - 2
JOSE MENDONCA BEZERRA - 2
JOSE RIBEIRO - 2
JOSE SANTANA VASCONCELLOS - 2
LAEL VARELLA - 2
LUIZ CARLOS BUSATO - 2
LUIZ CARLOS SETIM - 2
LUIZ FERNANDO FARIA - 2
NEILTON MULIM - 2
NELSON BORNIER - 2
NELSON PROENCA - 2
NILMAR RUIZ - 2
RAFAEL GUERRA - 2
RAIMUNDO VELOSO - 2
RAQUEL TEIXEIRA - 2
RAUL HENRY - 2
RAUL JUNGMANN - 2
RAYMUNDO VELOSO - 2
RENATO MOLLING - 2
RICARDO BERZOINI - 2
ROBERTO BRITTO - 2
RONALDO CUNHA LIMA - 2
SANDES JUNIOR - 2
SILVIO LOPES - 2
VINICIUS CARVALHO - 2
ZEZEU RIBEIRO - 2
ARIOSTO HOLANDA - 1
BETO ALBUQUERQUE - 1
CLOVIS CORREA - 1
DANIEL ALMEIDA - 1
FERNANDO DINIZ - 1
JOAO PIZZOLATTI - 1
LAUREZ MOREIRA - 1
LUIS CARLOS HEINZE - 1
LUIZ ROBERTO ALBUQUERQUE - 1
MANOEL JUNIOR - 1
MAURICIO RANDS - 1
ODAIR CUNHA - 1
PERPETUA ALMEIDA - 1
ULDURICO PINTO - 1
WANDERLEY OLIVEIRA - 1


TOTAL DE DEPUTADOS = 261


TOTAL DE VIAGENS = 1.881

EX-DEPUTADOS
A festinha aérea foi partilhada também por pelo menos 117 ex-deputados, que tiveram passagens aéreas pagas pela Câmara no período de fevereiro a dezembro de 2007. Desses, 28 usaram a cota mais de 20 vezes, para emitir um total de 896 bilhetes com destinos nacionais.

A lista é encabeçada por Almeida de Jesus (PR-CE), com 81 voos, Hamilton Casara (PSDB-RO), com 57 passagens, e Miguel de Souza (PR-RO), com 56. A relação dos 28 que mais usaram o benefício, mesmo sem mandato, inclui o presidente nacional do PPS, Roberto Freire (PE), o ex-ministro dos Esportes Agnelo Queiroz (PT-DF), o atual vice-governador de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith (DEM), e o ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP).

Almeida de Jesus (PR-CE)
Voos de terceiros: 79
Voos do ex-deputado: 2
Total: 81


Hamilton Casara (PSDB-RO)
Voos de terceiros: 46
Voos do ex-deputado: 11
Total: 57

Miguel de Souza (PR-RO)
Voos de terceiros: 35
Voos do ex-deputado: 21
Total: 56

Jorge Gomes (PSB-PE)
Voos de terceiros: 43
Voos do ex-deputado: 0
Total: 43


Remi Trinta (PR-MA)
Voos do ex-deputado: 0
Voos de terceiros: 43
Total: 43

Neuton Lima (PTB-SP)
Voos do ex-deputado: 20
Voos de terceiros: 21
Total: 41

Ronaldo Dimas (PSDB-TO)
Voos do ex-deputado: 10
Voos de terceiros: 28
Total: 38

Dra. Clair (PT-PR)*
Voos da ex-deputada: 16
Voos de terceiros: 16
Total: 32
*A ex-deputada está filiada hoje ao PV.

Dr. Rodolfo Pereira (PDT-RR)
Voos do ex-deputado: 7
Voos de terceiros: 24
Total: 31

Edna Macedo (PTB-SP)
Voos da ex-deputada: 6
Voos de terceiros: 24
Total: 30

Agnelo Queiroz (PCdoB-DF)
Voos do ex-deputado: 8
Voos de terceiros: 21
Total: 29
*O ex-deputado está filiado hoje ao PT
Elimar Máximo Damasceno (Prona-SP)
Voos do ex-deputado: 18
Voos de terceiros: 11
Total: 29

José Thomaz Nonô (DEM-AL)
Voos do ex-deputado: 6
Voos de terceiros: 21
Total: 27

Murilo Zauith (DEM-MS)
Voos do ex-deputado: 0
Voos de terceiros: 27
Total: 27

Roland Lavigne (PSDB-BA)
Voos do ex-deputado: 4
Voos de terceiros: 23
Total: 27

Bispo Wanderval (PR-SP)
Voos do ex-deputado: 12
Voos de terceiros: 13
Total: 25

Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP)
Voos do ex-deputado: 17
Voos de terceiros: 8
Total: 25

Moroni Torgan (DEM-CE)
Voos do ex-deputado: 9
Voos de terceiros: 16
Total: 25

Salatiel Carvalho (DEM-PE)
Voos do ex-deputado: 2
Voos de terceiros: 23
Total: 25

João Alfredo (Psol-CE)
Voos do ex-deputado: 2
Voos de terceiros: 22
Total: 24

João Fontes (PDT-SE)
Voos do ex-deputado: 14
Voos de terceiros: 10
Total: 24

Jonival Lucas Junior (PTB-BA)
Voos do ex-deputado: 8
Voos de terceiros: 16
Total: 24

Salvador Zimbaldi (PTB-SP)
Voos do ex-deputado: 18
Voos de terceiros: 6
Total: 24

Vadinho Baião (PT-MG)
Voos do ex-deputado: 1
Voos de terceiros: 23
Total: 24

Roberto Freire (PPS-PE)
Voos do ex-deputado: 2
Voos de terceiros: 21
Total: 23

Carlos Batata (DEM-PE)
Voos do ex-deputado: 12
Voos de terceiros: 10
Total: 22

José Divino (sem partido-RJ)
Voos do ex-deputado: 0
Voos de terceiros: 20
Total: 20

Reinaldo Gripp (PR-RJ)
Voos do ex-deputado: 0
Voos de terceiros: 20
Total: 20

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Quadros de Hitler chegam a mais de 30 mil reais em leilão


Quanto você pagaria pela aquarela acima? Bom, se o seu gosto por arte não fizeram você acrescentar mais do que dois dígitos no valor, você mudaria a cifra se soubesse que ela foi pintada pelo líder nazista Adolph Hitler. A aquarela que você vê foi levada a leilão nessa semana e chegou a um valor de 10 mil libras (cerca de 32 mil reais), pago por um colecionador de objetos da segunda guerra mundial.

No total, foram leiloados 13 quadros pintados por Hitler durante o período de 1908 a 1914, quando o jovem tentava a carreira de pintor em Viena, na Áustria. Como todos que conhecem a história, Hilter não obteve sucesso na arte e focalizou toda a sua frustração na política, se tornando anos mais tarde chanceler e presidente da Alemanha, quando com seus planos megalomaníacos faria eclodir a guerra mais mortal de todos os tempos.

Hitler, assim como sua carreira de pintor, mais uma vez falharam, porém não caíram necessariamente no ostracismo da humanidade. Os organizadores do leilão afirmaram que não esperavam mais do que 5 mil libras com a venda dos quadros, porém chegaram a surpreendentes 96 mil libras vendendo todos os quadros.

O mais caro, na foto acima, é um autoretrato do jovem Hitler "meditando" sobre uma ponte e suas iniciais aparecem ao lado do corpo. Porém, o que me intriga não é a qualidade da pintura e sim os pensamentos do jovem que se tornaria um dos facínoras mais sanguinários do mundo.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

O casamento do Shrek da vida real


Já vi quase todo tipo de casamento inusitado: no topo de altas montanhas, no fundo do mar, em lanchonetes, no meio da floresta, etc. Porém, o que nunca tinha visto foi o verdadeiro casamento do Shrek. Sim, ele aconteceu de verdade na Inglaterra e seguiu toda a tradição da animação que transformou o ogro em astro do cinema.
Christine England e Keith Green - esse sobrenome não é brincadeira - gastaram cerca de três horas para se cobrirem com uma tinta verde e vestir todos os adereços iguais a de seus heróis Shrek e Fiona. E a excentricidade não parou nos noivos, até os cerca de 100 convidados que acompanharam o casamento tiveram que se vestir como os personagens do filme, incluindo o Burro e o Homem Biscoito.

Artistas e maquiadores profissionais foram contratados para que cada detalhe exibido no filme fosse o mesmo na cerimônia e na festa de casamento. O hilariante, é que os pais do casal também se caracterizaram com rei e rainha para a foto oficial do casamento.

Ironicamente, após a cerimônia, Keith e Cristine se tornaram o senhor e a senhora Green.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Pai de atriz do Oscar tenta vendê-la

Ficou famosa precocemente, tome muito cuidado se você for nativa da Índia. O pai da atriz Rubina Ali, de 9 anos, que interpretou a personagem Latika quando criança no filme vencedor de oito Oscar "Quem Quer Ser um Milionário?", está tentando vender a menina.

Para escapar da pobreza na Índia, o pai da atriz quer vendê-la por 200.000 libras (cerca de R$ 647 mil). "Preciso pensar no que é melhor para mim, minha família e para o futuro de Rubina", declarou ele.

O pai de Rubina, chamado Rafiq, ainda tentou culpar os empresários de Hollywood por o forçarem a colocar a menina à venda. "Não ganhamos nada com esse filme". A quantia pedida por Rafiq atualmente representa quatro vezes o valor geralmente pedido por uma criança. "Essa criança é especial agora. Ela não é uma criança qualquer, é uma criança vencedora do Oscar”.

Possivelmente, o pai da menina está desesperado para vendê-la para financiar a fuga de sua família de uma favela de Mumbai.

Na Índia, muitas crianças são compradas dos pais para trabalharem como escravas em oficinas de bordado, de fabricação de tapetes e de outros produtos têxteis, em condições miseráveis, dentro de quartos muito pequenos sem janelas ou qualquer tipo de ventilação e vivem em condições subumanas. O salário chega a ser de 4 a 8 euros por mês e eles não têm permissão de sair ou brincar durante o período de trabalho que chega a ser de 15 horas diárias.

Que medo! Ana Maria Braga sem noção do ridículo

Vamos tentar imaginar uma cena bizarra para elucidar melhor o que veremos abaixo. Tente imaginar a sua avó, na melhor das intenções, querendo aproveitar o milagre do viagra e dar um upgrade na relação com seu avô. Você vai achar bacana, afinal a vida não termina depois da terceira idade. Porém, tente aguçar ainda mais sua imaginação e visualize a cena do rala e rola entre os dois. Certamente, se for antes do café da manhã, você provavelmente vai desmaiar.

Ana Maria Braga não pensa dessa forma. Na segunda-feira, no exato momento da sua refeição matinal, a loira misturou seu gardenal com o cereal e apareceu vestida assim para milhões de espectadores.

Na minha casa, por exemplo, meu sobrinho de dois anos saiu gritando "BICHO, BICHO, BICHO". Se para uma criança, que leva um certo tempo para assimilar o que é feio ou bonito, foi tão impactante, imagine pra mim. Perdi o apetite.

Não sei quem assessora o programa de Ana Maria, mas ele(a) deveria ser demitido(a). Não por querer ser ousado, provocante e revolucionário ao vestir uma senhora de 60 anos, levemente acima do peso, como Madonna, mas por criar uma situação ridícula e de péssimo gosto. Será que quando terminada a "transformação" não repararam na cena dantesca? Acabou com meu feriado e a imagem ficou grudada no meu córtex cerebral.

Que saudade do bicho-papão, assustava muito menos as crianças.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Aspirante a dublê vê oportunidade na rede

A internet já é de longe uma ferramenta de oportunidades. Além de entreter, informar, realizar negócios, pode ser uma excelente vitrine para você divulgar seu potencial para o mundo à fora. O Youtube é um exemplo nítido que o esforço de alguém, se bem organizado e focalizado, pode transformar anônimos em celebridades do dia para a noite. Porém, para se chegar lá tem que ter criatividade para chamar a atenção.

Damien Walters, de 27 anos, um ex-ginasta e viciado em filmes de ação viu a ponte para o seu sucesso no compartilhador de vídeos. Aspirando a carreira de dublê profissional, Damien postou um vídeo incrível no Youtube realizando impressionantes e quase impossíveis saltos sobre carros, paredes, prédios, árvores e equipamentos de ginástica com o propósito de algum agente do ator Jackie Chan ver suas habilidades e contratá-lo. Deu certo.

Damien foi convidado a estrelar e coordenar os dublês do último filme Hell Boy 2, em que monstros voam em acrobacias espetaculares em muitas cenas de ação. O mais curioso disso tudo é que Damien realiza seus movimentos sem qualquer auxílio de fios ou cordas para garantir sua segurança. Faz tudo livre e com um esforço louvável.

O vídeo abaixo mostra ele realizando movimentos bem parecidos com os do filme Matrix, no entanto, ao contrário dos atores, Damien anda nas paredes sem ajuda de qualquer cabo.


sexta-feira, 17 de abril de 2009

A publicidade que deixou os chineses indignados


No mundo dos publicitários existe uma linha muito tênue que se separa a ideia brilhante do projeto ordinário. Às vezes, muito às vezes, alguns publicitários conseguem ficar sobre essa linha, fazendo com que o público se divida em classificar uma propaganda de genial ou medíocre.


Profissionais alemães da Agência Grey Worldwide realizaram uma campanha publicitária de camisinhas para uma empre farmacêutica pra lá de ousada, original e, possivelmente, ofensiva. Na propaganda, milhares de espermatozóides nadam em direção a um útero e um deles, o de principal destaque, tem alguns detalhes que fazem uma notória alusão ao saudita Osama Bin Laden, a Adolph Hilter, e o líder comunista Mao Tsé-tung. Enquanto nadam em direção à vida, os Cabelos de Mao, a Barba de Bin Laden e o Bigode de Hitler criam uma caricatura alusiva dando a entender que algum desses facínoras poderam fecundar o óvulo. A maneira mais óbvia de se impedir isso é utilizando a caminha, que está exposta no canto inferior do quadro.

Até aí você pode dizer que, apesar de não ter nenhum texto, a propaganda é clara e direta no objetivo de proteção e prevenção de uma gravidez não desejava, principalmente de "monstrinhos" como esses sugeridos. Porém, quem não gostou nada disso, foi a comunidade chinesa, que classificou a propaganda de discriminatória e racista, já que associa Mao a dois dos maiores facínoras de todos os tempos. Na China, Mao ainda é visto com grande respeito pela população e, apesar do genocídio promovido por ele em seus anos de chumbo, o povo o classifica como um dos maiores líderes que o país já teve.

Não sei se baniria a campanha por isso, mas tenho várias sugestões para colocar no lugar de Mao. Eu sei que ele já deixou o cenário político, vive agora lá no Texas, mas pode encaixar o topete dele aí que todo mundo vai identificar.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Funcionário da Domino's cospe nas pizzas

Chega a ser inacreditável a falta de ética de alguns funcionários descontentes com seu emprego. A situação se torna ainda pior quando esses trabalhadores exercem funções em estabelecimentos que podem prejudicar seriamente a saúde dos consumidores.
Dois desses revoltados, empregados da Rede Domino's Pizzas na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, encontraram uma maneira imbecil de se vingar dos patrões: fazer um vídeo caseiro demonstrando com bastante desleixo como preparar os alimentos que seriam entregues em seguida aos consumidores. Kristy Lynn Hammonds filmou o colega de trabalho, Michael Anthony Setzer, enfiar queijo no nariz, cuspir no molho e peidar nos peperonis antes de colocá-los em uma ciabatta que seria enviada para entrega.
Enquanto Michael montava a inadequada e nojenta refeição, Kristy narrava tudo com hipócrita consciência. "Em cerca de cinco minutos eles sairão para entregar e as pessoas comerão esse queijo que ele colocou no nariz", afirmou ela. Satisfeitos com o vídeo, os dois tiveram a brilhante ideia de colocar ele no Youtube. Em poucos dias o vídeo se espalhou pela internet e, como não podia deixar de ser, os dois foram demitidos. Porém, a história tem chamado muito a atenção dos consumidores da pizzaria, que exibem vídeos na internet condenando o modo que a pizza é preparada.
A franquia americana não deixou barato e nessa semana apresentou queixa contra os dois funcionários, que deverão responder agora na justiça pela "brincadeira" nada engraçada promovida por eles dois. Para tentar amenizar a tragédia e salvar o nome da empresa, a loja onde os dois trabalhavam foi fechada e deverá passar por uma descontaminação geral nos próximos dias.
Esse tipo de prática não me causa surpresa, pois já vi como muitas lanchonetes, principalmente dessas franquias de fast food, trabalham de maneira inadequada sujeitando os alimentos a uma contaminação. Eu pesquisei na internet e vi o desleixo com que as pizzas são confeccionadas. Em vários vídeos, um funcionário, sem luvas, simplesmente joga os alimentos sobre a massa com total desleixo e deseja que aquele monte de comida se tornasse uma saborosa pizza.
Em São Paulo há algumas Domino's Pizzas e gostaria de saber quanto vale uma pizza lá? Pelo modo que são preparadas, não comeria nem se fossem de graça.


Vídeos:



O funcionário mais rápido e nojento

terça-feira, 14 de abril de 2009

Maysa puxa peruca de Silvio Santos

Quantas vezes vocês ouviram a lenda que Silvio Santos é careca? Eu, por exemplo, ouvi várias vezes, mas nunca acreditei que pudesse ser verdade. Afinal, Silvio Santos, assim como Donald Trump, podem se dar ao luxo de utilizarem o que há de mais moderno na medicina para se combater a calvice, ao invés de apelarem a uma velha e antiquada peruca. Não é que eu estava errado!

Maysa, aquela menininha-veneno-super-ultra-sincera-sou-friamente-inocente mostrou a todos nós que ela tem "cojones". Ela, além de destruir uma das maiores lendas urbanas do Brasil, desafiou seu patrão, Silvio Santos, em um programa dominical e puxou sua - até então anônima - peruca sem o menor sacrilégio. Além de dar um frio na barriga de ver a cena, a menina gritou euforicamente para o público "É PERUCA, É PERUCA".

Não sei como é o contrato da menina, mas se o Roque, por exemplo, puxasse a peruca do seu adorável patrão, estaria há muito tempo vendendo canetas como camelô de novo.
Veja o vídeo abaixo:

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Os delírios de consumo de Becky "BOMBA" Bloom

Quando você sabe que entrou numa enrascada? Bom, geralmente, você só sabe que se deu mal quando a merda está feita. A minha primeira enrascada desse ano aconteceu neste domingo, quando sem muito o que fazer decidi ir ao cinema. Percebi a roubada logo na chegada ao cinema ao perceber que a maioria dos filmes já eram do meu conhecimento, ou seja, já os tinha assistido , e restavam poucas e cruéis opções.

O meu instinto racional me disse imediatamente “vá para casa”, “alugue um filme de melhor preferência”, “termine de ler seu livro”, “durma”, “ligue para um amigo implorando companhia, alegando caso de vida ou morte”, “fuja imediatamente deste lugar”. Porém, o tédio e a preguiça de fazer tudo isso me levou a uma só coisa: arriscar um palpite de um filme mais ou menos e, se possível, se entreter com ele.

As duas e nada atraentes opções não eram as melhores. Poderia assistir ao novo blockbuster da Disney “Monstros Vs Alienígenas” ou “Os delírios de Consumo de Becky Bloom”. No exato momento da minha decisão, me veio à mente uma causa nobre: “Como os críticos de cinema fazem ao se deparar com um filme propenso a ser ridículo e ainda são obrigados a assistir?”. Eu tinha que passar por essa experiência uma vez na vida. Becky Bloom era a opção menos pior, já que o livro que inspirou o filme era um Best Seller, anunciado em letras garrafais na propaganda do filme. Pensei que se o livro era bom, o filme deve ser no mínimo regular. A armadilha da propaganda havia me fisgado.


Minha mesopotâmica missão seria apenas dizer discretamente a atendente que queria uma entrada inteira para o filme. Na fila, fiquei imaginando como diria isso. Susurrando: “Por favor, uma inteira para os Delírios de consumo.” Isso já seria suficiente para a garota acostumada o dia todo a um menu de no máximo oito filmes. Ou então diria seco e direto “Para a próxima sessão da Becky”, impondo minha determinação e razão na escolha. Minha tarefa principal era impedir que as dezenas de crianças que estavam acompanhadas dos pais ao meu lado não ouvissem e rissem de mim durante a compra. Eu quase consegui.

Ao deparar com a cabine blindada, a solícita atendente mal me olhou e já soltei uma espécie de suspiro bem próximo ao microfone da janela “Os delírios de consumo inteira”. A moça, atônita com minha forma de se expressar muito baixa rabateu. “Qual o filme senhor?” Olhei para os lados e enquanto os afoitos meninos derrubavam as colunas da fila me olhando, falei com firmeza. “Uma inteira para Becky Bloom, por favor”. Foi quase como uma facada no meu coração. Naquele momento vi que jogava minha total dignidade no lixo e diante de crianças de menos de 10 anos. Era, sem dúvida alguma, a coisa mais humilhante que me acontecera em uma fila de cinema.

Resisti bravamente, até a extrovertida atendente repetisse meu pedido em altos decibéis do alto falante o que iria assistir. “UMA INTEIRA PARA OS DELÍRIOS DE CONSUMO DE BECKY BLOOM”. Bom, imaginei se estava pensando em enganar pelo menos o final da fila, acabei de me dar muito mal. Sorri amarelo e peguei a entrada sem olhar para trás. A cena de pessoas rindo disfarçadamente do meu gosto por filmes “exóticos” talvez nunca sairiam do meu córtex cerebral, nem com altas doses de ácido lisérgico e muitas sessões de terapia.

Superado o trauma, fui decidido para a entrada e passei tão rápido pela garota que recebia as entradas que ela mal pode ler o que estava escrito no meu ingresso. Me joguei dentro da sala esperando que o pior já tivesse passado. Ledo engano.

Foi a primeira vez que contemplei uma sala de 500 lugares só para mim. Algo que me deu enorme satisfação e, paradoxalmente, me causava uma certa preocupação. Aquele, além da minha consciência, era o sinal definitivo que um iceberg estava bem à frente. E o filme já estar na exibição dos trailers era um alerta que nem os botes salva-vidas estavam disponíveis. Senti vontade de chorar, mas aceitei meu destino. Escolhi o melhor lugar do cinema – afinal, era só meu – e desejei que os próximos 90 minutos não fossem tortuosos, mas que me matassem logo de uma vez, evitando a dor de querer saber o final de um filme imbecil.

Becky Bloom tinha um bom começo, o que aguçava minha mente de que poderia ser uma história criticando o comportamento compulsivo e fútil de mulheres consumistas. Belo soco na cara eu levei. Não levou cinco minutos para perceber que o filme não tinha enredo, não era amarrado com nada e apelava ao péssimo gosto, tirando, logicamente, algumas marcas de grifes famosas que aparecem no filme. Comecei a sofrer violentamente e não havia ninguém dentro do cinema para compartilhar a minha agonia.

Lembro de ter arrumado demoradamente umas três vezes a agenda do meu telefone enquanto passava o filme. Sim, fiquei com o telefone ligado e não respeitei as regras do estabelecimento deixando meu celular ligado. Afinal de contas eu era a única pessoa corajosa e burra a encarar aquele lixo.

No filme, a afetada Becky, era uma jornalista de uma revista de jardinagem à beira da falência. Revela a uma amiga seu sonho de trabalhar em uma revista de moda, mas seus hábitos shopoholics são disparadamente maiores do que qualquer desejo de se fazer aquilo que se gosta. Alucinadamente, um editor bom-partido e audacioso, confia a Becky um cargo em uma revista de economia quando ela estava desempregada por conta da falência de sua antiga empresa. Becky aceita o trabalho e se torna um fenômeno editorial por seu texto original e descontraído, conquistando novos leitores para a revista. Pois é, eu sei que é difícil acreditar, mas a menina vira uma celebridade do dia para a noite e com um único texto. A partir daí Becky passa a disputar com uma colega de trabalho da famosa revista de moda, meio parecida com a mulher caveira Anna Wintour e se envolve em confusões fadadas ao clichê e a piadas nada, mas NADA, engraçadas.

Eu suportei o filme até o lanterninha vir até a sala, depois de uma hora, checar se eu não tinha me jogado de cabeça escadas abaixo. Me senti envergonhado de estar sozinho na sala e tomei a atitude mais sensata naquele momento. Me levantei, ergui com grande orgulho meu maior dedo em direção da Becky e saí antes que ela arrumasse um emprego de limpar a bunda do Bin Laden no Iêmen, o que era naturalmente possível com um roteiro tão medíocre.

Não recomendaria um filme desses nem a um inimigo em seu leito de morte. Ninguém merece ir para o além com Becky Bloom na cabeça.

Tomem muito cuidado, pois este filme pode daqui alguns anos pode estar na sessão da tarde. Quem conseguir me superar e assistir o filme inteiro, por favor, termine a resenha que publico aqui.