terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Romeno estupra garota para aprender inglês

Psicopatas geralmente têm uma visão muito além da normalidade. Porém, alguns casos chegam a chocar não só pela mente doentia, mas pela estupidez macabra. O romeno Ali Majlat achou que tinha uma ideia fabulosa para custear seus estudos da língua inglesa na Inglaterra. Ele decidiu estuprar uma jovem de 21 anos para ir para prisão e aprender o idioma gratuitamente.


O crime aconteceu em West Yorkshire, a norte da Inglaterra, no ano passado, quando Ali, recém libertado da prisão na Romênia, decidiu espancar, violentar e roubar uma moça que aguardava o trem na estação de Kirkgate Wakefield. O crime foi de uma violência tão bárbara que o juiz local decidiu alertar as autoridades sobre a imigração de criminosos no país.

Suspeitando que Ali não possuísse condições mentais normais, o acusado passou por uma entrevista de um psiquiatra logo após ter sido preso e a motivação do crime causou espanto das autoridades. Segundo ele, a razão de estuprar a mulher era para ir para cadeia, onde ele seria alimentado, alojado e, de quebra, aprenderia o inglês também.

O plano do romeno pode ter dado certo em partes, já que o juiz que cuida do seu caso pediu um levantamento minucioso de todos os seus crimes cometidos por ele durante a vida antes de dar sua condenação em abril que pode ser a prisão perpétua.
Postar um comentário