segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Não me ame demais, se não eu te acerto!

Tem gente que luta incansavelmente em busca da fama. Aí, quando a dita acontece, o fulano passa a odiá-la. Vai saber o porquê que isso acontece? É impressindível saber administrar a loucura de muitos fãs por aí e até saber se proteger daqueles que podem chegar a ser um Mark Chapman. Porém, para alguns, ser surrado por um ídolo pode ter um valor inestimável. Fiz uma seleção com vídeos daqueles que perderam o controle e chegaram as vias de fato com alguns fãs.
Amy Winehouse é uma celebridade do mundo da música que já está acostumada a estampar manchetes com escândalos pelo uso excessivo de substâncias psicotrópicas e deferir pancadas a esmo em paparazzi nas ruas. Porém, a fúria da moça está ultrapassando os limites da sua privacidade e chegando até seus próprios fãs. Sobrou pro coitado que tentou tocar a cantora durante um show.




Sebastian Bach era o tipo de músico que durante os anos 90 conquistava multidões com uma voz estridente e músicas de conteúdo melódico acompanhado do som pesado do Skid Row. O que ninguém sabia, é que para tirar o rapaz do sério não era algo muito difícil. Um fã, numa atitude bem inusitada, achou que para chamar a atenção do cantor precisava atirar uma garrafa em sua cabeça. Pois bem, conseguiu e ainda ganhou uma voadora com os dois pés no rosto que lembram muito as lutas-livre da TV americana.



Axl Rose é uma daquelas pessoas que você deve ter muito cuidado com o que fala. O cantor nunca foi de ter muitos amigos e a maioria de suas atitudes extremistas resultou em prisões e comparecimentos ao tribunal. Isso porque um fã do Guns N’ Roses achou que poderia tirar uma foto exclusiva do cantor e levar para casa. Ledo engano. Inspirado numa espécie de superman, Axl voou sobre o espertalhão e sob tapas e socos tirou a câmera do espertinho. Resultado, destruição em massa do estádio onde o Guns fazia turnê com o Metallica e dos entornos do estádio. O cantor foi banido da cidade, sendo proibido de retornar a St. Louis, nos EUA, sob a pena de mofar na cadeia.



Kurt Cobain promoveu muitas cenas bizarras durante sua curta existência de celebridade do mundo do rock. Dentre elas insinuar masturbações com um abacaxi, se atirar sobre uma bateria e se arrebentar inteiro, cuspir em câmeras e quebrar inúmeras guitarras durante sua performance. Não sabemos exatamente onde Kurt estava quando tomava esse tipo de atitude, mas acertar sua guitarra no rosto de seu próprio segurança não terminou nada bem. A briga, de um soco só, nocauteou o cantor, que só não apanhou mais porque os outros integrantes do Nirvana intervieram.



Jared Letto faz uma espécie de cantor-ator. No Brasil ele é muito mais conhecido pelo primeiro ofício, já que participou de filmes interessantes como o Senhor das Armas, com Nicholas Cage. Com sua banda, o 30 seconds to Mars, Jared mostra que incorpora muitas vezes a personalidade de bad boy. Neste vídeo, o rapaz senta o microfone na cabeça de um fã que tenta puxá-lo. A microfonia na cabeça do coitado deve ter sido alta.


Postar um comentário